Terça, 24 de Maio de 2022
86 98114-0201
Geral Politica

Dois pesos, Duas medidas. Capote libera aliados para voto em Silvio, mas pressiona para votar nos seus Deputados

várias pessoas estão sendo coagidas, ameaçadas e até demitidas

27/04/2022 08h20 Atualizada há 4 semanas
Por: Pedro Henrique Fonte: Barras e Noticia
Reprodução
Reprodução

Depois de liberar grande parte de seu grupo político, dentre os quais podemos citar, a vice Cynara Lages, vereadores e líderes de seu estafe para apoiar Silvio Mendes e Bolsonaro, como estratégia para se manter dentro do governo do estado independente de quem ganhe, Edilson Capote através de sua assessoria altamente "matriculada" faz todo um marketing com juras de amor eterno a Rafael, Wellington e Lula.

Em nota, Capote justifica que pelos princípios democráticos deixou livre seu grupo. Será que esses mesmos princípios democráticos valem também para seus deputados? Por que então várias pessoas estão sendo coagidas, ameaçadas e até demitidas como foi o caso de Elenilson, "exonerado" por não acompanhar seus deputados?? Na verdade, o tal princípio democrático que Capote libera pra governo, não vale pra deputado.
 
Edilson e seu marketing sabe da grande popularidade de Wellington e Lula em Barras e região, mais estrategicamente quer nos bastidores se manter alinhado com o Senador Ciro e Silvio, isso é, sem ligar sua imagem à imagem de Bolsonaro.
 

 

Capote e sua turma "são passados na casca do alho" e se dividiram sabiamente para tocar o sino e acompanhar a procissão nestas eleições, afinal, perder ninguém quer e estando de ambos os lados a vitória é garantida. Será que Wellington e Ciro vão se deixar enganar?
Ele1 - Criar site de notícias