Domingo, 16 de Janeiro de 2022
86 98114-0201
Polícia PROTESTO

Família quer Justiça pela morte de bebê que ficou internado no Hospital de Barras

A família acusa a equipe de enfermagem do hospital de ter provocado a morte da criança

14/01/2022 18h48 Atualizada há 1 dia
Por: Redação Fonte: Piauíhoje
reprodução
reprodução

A família do bebê Francisco Nicolas, que morreu aos 11 meses após internação no Hospital Regional Leônidas Melo, em Barras, irá fazer uma passeata neste sábado (15), para pedir justiça. O bebê morreu no dia 10 de janeiro e a família acredita que a morte tenha sido provocada em decorrência de um erro da equipe de enfermagem. 

A manifestação será às 16h, com concentração no bairro Santinho, em Barras, Norte do Piauí. Em seguida, a família seguirá até o hospital de Barras, onde irão protestar. Nicolas teria contraído uma infecção durante os procedimentos realizados pela equipe de enfermagem.

O Hospital Leônidas Melo divulgou uma nota informando que abriu uma sindicância para investigar a morte do bebê. O hospital informou que Francisco Nícolas deu entrada no na unidade na quarta-feira (05) e recebeu alta três dias depois, no sábado (08). 

No domingo (09), a família levou o menino novamente ao hospital. O Hospital informou ainda que o quadro de saúde do bebê era grave e ele foi encaminhado para o Hospital de Urgência de Teresina (HUT).  Nicolas foi levado para a emergência pediátrica om quadro de infecção grave e parada cardiorrespiratória, onde não resistiu e faleceu.

Veja a nota do Hospital Leônidas Melo:

Informa-se ainda que a vítima deu entrada no serviço médico do Hospital na quarta (05) de janeiro, no sábado (08) o paciente recebeu alta, no entanto, retornou ao Hospital Leônidas Melo no domingo (09) com o agravamento foi encaminhado pela regulação para um Hospital de alta complexidade em Teresina.

Além da sindicância que investiga o óbito, um processo administrativo será aberto.

O Hospital Leônidas Melo também se coloca à disposição e se compromete em contribuir sem medir esforços nesta causa.

Lamentamos profundamente a dor da família com a perca prematura de Francisco Nícolas.

Ele1 - Criar site de notícias