Quinta, 02 de Dezembro de 2021
86 98114-0201
Política Nacional Eleições 2022

Valdemar adia filiação de Bolsonaro ao PL após 'intensa' troca de mensagens na madrugada

O presidente do PL, Valdemar Costa Neto, informou aos correligionários, por meio de nota, que a filiação de Jair Bolsonaro ao partido, que estava marcada para 22 de novembro, será adiada

15/11/2021 06h43
Por: Redação Fonte: UOL
reprodução
reprodução

O presidente do PL, Valdemar Costa Neto, informou aos correligionários, por meio de nota, que a filiação de Jair Bolsonaro ao partido, que estava marcada para 22 de novembro, será adiada. "Após intensa troca de mensagens na madrugada deste domingo, 14, com o presidente Jair Bolsonaro, decidimos, de comum acordo, pelo adiamento da anunciada cerimônia de filiação", informou Valdemar.

O dirigente ainda disse que não há data prevista para que ocorra o ingresso do mandatário na legenda. A nota foi publicada no grupo de deputados federais do PL.

A decisão ocorre após Valdemar liberar estados, como Pernambuco, a terem autonomia e atuarem como acharem melhor nas eleições de 2022, sem o compromisso de apoiarem Bolsonaro.

Segundo Bolsonaro, divergências em composições estaduais na eleição do ano que vem colocam em dúvida a migração para o partido. "O casamento tem que ser perfeito. Se não for 100%, que seja 99%. Se até lá nós afinarmos pode ser, mas eu acho difícil essa data, 22. Tenho conversado com ele [Valdemar], estamos de comum acordo que podemos atrasar um pouco esse casamento, para que ele não comece sendo muito igual aos outros", afirmou Bolsonaro, que deu as declarações durante visita à Dubai Air Show, feira aérea no emirado do Golfo Pérsico.

Um dos grandes entraves à filiação, de acordo com Bolsonaro, é a situação de São Paulo, onde o PL tem a intenção de apoiar a candidatura de Rodrigo Garcia (PSDB) ao governo.

Ele1 - Criar site de notícias