Quinta, 02 de Dezembro de 2021
86 98114-0201
Polícia CONFRONTO

Bandido que assaltou BB em Miguel Alves é um dos 25 mortos em Minas Gerais

José Filho de Jesus Silva Nepomuceno, investigado no Piauí por ter participado do assalto ao Banco do Brasil, na cidade de Miguel Alves, região Norte do Piauí, em 2020

01/11/2021 07h21
Por: Redação Fonte: Piauíhoje
reprodução
reprodução

Um dos 25 mortos da quadrilha especializada em roubos de bancos mortos durante a operação policial realizada, neste domingo, 31, em Varginha, Minas Gerais, era José Filho de Jesus Silva Nepomuceno, investigado no Piauí por ter participado do assalto ao Banco do Brasil, na cidade de Miguel Alves, região Norte do Piauí, em 2020. 

A informação foi confirmada pelo delegado Tales Gomes, coordenador do Grupo de Repressão ao Crime Organizado no Piauí (GRECO). José Filho tinha uma mandando de prisão aberto pelo assalto ao banco no Piauí. “Foi morto em confronto com a polícia em Minas Gerais hoje”, disse o delegado.

operação em Varginha envolveu a Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar e o Batalhão de Operações Especiais (Bope) da região. Segundo a PRF, os confrontos com os homens ocorreram em duas abordagens diferentes.

Na primeira, os suspeitos atacaram as equipes da PRF e da PM,  sendo que 18 criminosos morreram no local.

Em uma segunda chácara, conforme a PRF, foi encontrada outra parte da quadrilha e neste local, após intensa troca de tiros, sete suspeitos morreram.

Durante as duas abordagens, foram recuperados, explosivos, armas longas ponto 50 e 10 fuzis, além de outras armas, munições, granadas, coletes, miguelitos e 10 veículos roubados.

A suspeita é que a quadrilha realizaria um grande assalto a banco na noite deste domingo (31), na modalidade conhecida como "Novo Cangaço".

Assalto em Miguel Alves

Na madrugada do dia 4 de maio de 2020, uma quadrilha explodiu o Banco do Brasil em Miguel Alves. Dez bandidos fortemente armados com metralhadoras e explosivos chegaram na cidade em dois carros roubados, mas antes de se dirigirem ao banco para arrombar, fizeram sete clientes de um bar próximo ao banco como reféns. 

Os bandidos levaram os reféns até a agência do BB e lá a explodiram.

Eles pegaram todo o dinheiro da agência.  A Polícia Militar foi acionada por volta das 3h15, mas foi recebida a tiros. Houve confronto e foi pedido reforço a Teresina.

Os bandidos fugiram na direção de União, também na região Norte do Piauí, levando os reféns e, após um quilômetro, libertaram os reféns.

Ele1 - Criar site de notícias