Quinta, 02 de Dezembro de 2021
86 98114-0201
Municípios ORIENTAÇÃO

Produtor deve se dirigir à secretaria de Agricultura de Barras para buscar assistência técnica

Secretaria tem equipe formada para permitir que produtores desenvolvam trabalho mais lucrativo

30/10/2021 17h26
Por: Redação Fonte: Ascom Barras Piauí
reprodução
reprodução

O agricultor barrense pode e deve procurar a secretaria municipal de agricultura para solicitar assistência técnica. A prefeitura de Barras, através da secretaria municipal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, está com equipe formada para permitir que os produtores desenvolvam um trabalho mais lucrativo e que segue as técnicas científicas.

"Os produtores estão vivendo uma situação de atraso em Barras por falta de orientação. Agora eles já podem contar com o conhecimento técnico da equipe da secretaria municipal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento", disse o secretário Geraldo Veras. 

O trabalho de assistência técnica vai ser dirigido pelo engenheiro agrônomo, Jorge Amaral, que já vem coordenando os trabalhos que o Incra desenvolve em 13 assentamentos do município.

"Primeiro vamos cadastrar todos os agricultores e depois ofertar outros serviços que temos para ofertar. Aqui fazemos cadastramento, planejamento, acompanhamento, análise de solo, mas o agricultor precisa vir à secretaria buscar esses serviços", explica o agrônomo.

O secretário Geraldo Veras quer movimentar a agricultura de Barras e não faz um diagnóstico positivo do que encontrou ao assumir a pasta. "A secretaria parece que não existia. Não havia dados nenhum aqui. Os agricultores plantando sem orientação e perdendo colheitas, tendo prejuízo. Agora queremos nos aproximar e oferecer este acompanhamento técnico. Temos uma boa equipe", destaca Veras.

 

Nesta sexta-feira a secretaria recebeu a visita do produtor de cana, José Paraibano (foto acima). Ele tem fábrica de cachaça, mas esbarrou na falta de linhas de crédito para fazer o projeto avançar. 

"Os bancos de Barras não oferecem alternativas para os agricultores. Não temos como crescer se não temos financiamento", lamenta Paraibano, que pretende viabilizar saídas junto à secretaria municipal de Agricultura.

Ele1 - Criar site de notícias