Terça, 19 de Outubro de 2021
86 98114-0201
Polícia PRESA EM FLAGRANTE

Vereadora que provocou acidente em Teresina estava alcoolizada e não tem CNH

Laysa Coelho foi presa em flagrante e solta no dia seguinte. Uma mulher ficou gravemente ferida no acidente

27/09/2021 11h06
Por: Redação Fonte: piaui hoje
reprodução
reprodução

A vereadora  do município de Uruçuí, Laysa Coelho de Araújo (MDB), foi presa em flagrante após se envolver em acidente de trânsito no bairro São João, na zona Leste de Teresina, no sábado (25). O laudo do Instituto de Medicina Legal de Teresina (IML) comprava que a vereadora estava alcoolizada quando conduzia uma caminhonete Amarok e colidiu contra uma motocicleta, deixando uma mulher gravemente ferida.

A vítima identificada como Jesiane Nunes Melo, conduzia uma motocicleta quando foi colhida pelo carro conduzido por Laysa Coelho. Jesiane foi arremessada por vários metros, tendo várias faturas no corpo. Ela precisou passar por uma cirurgia e está internada no Hospital Unimed. 

Laysa Coelho tentou fugir do local do acidente, mas não conseguiu porque a moto da vítima ficou debaixo do carro. Ela foi levada para a Central de Flagrantes de Teresina e encaminhada para o IML para a realização do exame pericial, que apontou que a vereadora estava desorientada, com os reflexos reduzidos, falta de coordenação motora e atenção prejudicada. A vereadora foi autuada em flagrante pelo crime de lesão corporal culposa de trânsito e embriaguez ao volante.

Noite de festa e sem CNH

Além de dirigir embriagada, a vereadora não possui Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Durante o acidente, Laysa estava acompanhada de uma pessoa que ela conheceu na festa de uma boate. Ela estava indo para o hotel quando ocorreu o acidente.

A pessoa tentou assumir a culpa pela vereadora porque ela não possuía CNH, mas desistiu porque a ocorrência foi levada para a Central de Flagrantes e logo a verdade iria surgir porque tem câmeras no local do acidente.

Solta após o acidente

Após a prisão em flagrante no dia do acidente, a vereadora Laysa Coelho de Araújo foi solta em audiência de custódia na tarde de domingo (26). A juíza Keylla Ranyere Lopes Teixeira Procópio, da Vara Núcleo de Plantão de Teresina, concedeu liberdade provisória, sem fiança.

A juíza destacou que a ocorrência não exige a decretação de prisão preventiva, pois pode ser substituída por medidas cautelares. Também na decisão, foi pontuado que a liberdade foi concedida a acusada pela condição ser progenitora de dependentes de seus cuidados e que sua soltura não causa riscos à instrução processual e aplicação da lei.

Outro lado

A vereadora ainda não falou com a imprensa sobre o caso.

Ele1 - Criar site de notícias