Domingo, 19 de Setembro de 2021
86 98114-0201
É Notícia VACINA

Casal dos EUA que negava eficácia de vacinas morre por complicações da Covid-19 e deixa 4 filhos

"Antes de ser intubada, uma das últimas coisas que ela disse à irmã foi 'por favor, certifique-se de que meus filhos sejam vacinados'", contou uma familiar

21/08/2021 07h23
Por: Redação Fonte: Brasil47
reprodução
reprodução

Um casal do Texas (EUA) que se recusou a tomar a vacina contra a Covid-19 alegando "não acreditar" que o imunizante seja eficaz contra o coronavírus faleceu em decorrência de complicações relacionadas à doença e deixou 4 filhos. 

De acordo com o UOL, Lawrence e Lydia Rodriquez foram internados em julho em um hospital de La Marque. O homem faleceu no dia 3 de agosto, após mais de três semanas de internação. Lydia morreu na manhã da última quarta-feira (17). Ao ser internada, ela ainda pediu para receber o imunizante, mas os médicos ressaltaram que não havia mais tempo para isso. 

"Eles não acreditavam em vacinas. Você tentava falar com eles, e Lydia simplesmente não gostava disso, não confiava nisso, eu acho", contou Dottie Jones, prima de Lydia.  "Antes de ser intubada, uma das últimas coisas que ela disse à irmã foi 'por favor, certifique-se de que meus filhos sejam vacinados'", completou. 

Ele1 - Criar site de notícias