Sexta, 23 de Julho de 2021
86 98114-0201
Política Regional PRIVATIZAÇÃO

Como votaram os deputados piauienses na MP de privatização da Eletrobrás

Texto passa agora à sanção e veto do presidente Jair Bolsonaro

22/06/2021 10h15 Atualizada há 1 mês
Por: Redação Fonte: Piauíhoje
reprodução
reprodução

Câmara dos Deputadosaprovou nessa segunda-feira (21) a Medida Provisória (MP) de privatização da Eletrobras, maior empresa de energia elétrica da América Latina. O texto segue agora para sanção do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).  A MP já havia passado por uma votação na Casa em maio mas, devido às alterações aprovadas pelo Senado em votação na quinta-feira passada (17), voltou para apreciação dos deputados.

 A MP perderia a vigência às 24h de terça (22). Por 258 votos a favor ante 136 contra, o texto-base foi aprovado pela Câmara no início da noite. Posteriormente, a  Casa aprovou 17 emendas do Senado à MP de número 1031/21, conforme parecer do deputado Elmar Nascimento (DEM-BA). 

Depois, foram votados os destaques, ou propostas que visavam modificar o conteúdo da MP. O texto passa agora à sanção e veto do presidente Jair Bolsonaro, que tem 15 dias para a decisão. 

Como votaram os deputados do Piauí

A maioria dos deputados federais do Piauí votou a favor da Medida Provisória que abre caminho para a privatização da Eletrobrás.  Quatro votaram a favor, três votaram contra, um não compareceu e  dois declararam obstrução na votação, que outra forma de ficar contra a proposta. 

Confira abaixo como cada deputado votou:

  • Átila Lira (PP-PI) - não compareceu à votação
  • Cap. Fábio Abreu (PL-PI) - Não
  • Flávio Nogueira (PDT-PI) - Não
  • Iracema Portella (PP-PI) - Sim
  • Júlio Cesar (PSD-PI) - Sim
  • Marcos A. Sampaio (MDB-PI) - Obstrução
  • Margarete Coelho (PP-PI) - Sim
  • Marina Santos (Solidariedade-PI) - Sim
  • Merlong Solano (PT-PI) - Não
  • Rejane Dias (PT-PI) - Obstrução
Ele1 - Criar site de notícias