Quinta, 24 de Junho de 2021
86 98114-0201
Municípios GESTÃO ABTERIOR

BARRAS/Contas de 2020 só agora foram enviadas ao TCE, mas Capote não parou o trabalho

Ex-prefeito Carlos Monte tinha até 30 de março para apresentar contas

03/06/2021 17h03
Por: Redação Fonte: Ascom Barras Piauí e Maria Carcará
Praça iluminada, cidade cuidada é marca da atual gestão. Foto Assis Mesquita
Praça iluminada, cidade cuidada é marca da atual gestão. Foto Assis Mesquita

Só agora, após 5 meses, a gestão Edilson Capote vai poder realizar convênios com órgãos do Estado e da União para recebimento de recursos em prol da melhoria da cidade de Barras. Isso porque a gestão anterior não cumpriu os prazos exigidos pelo Tribunal de Contas (TCE) para a entrega dos balancetes contábeis referentes a 2020.Continua depois da publicidade

O atraso foi grande. A contabilidade da gestão do prefeito Carlos Monte tinha até 30 de março para ser registrada, mas os técnico não conseguiram fazer isso. Somente dia 27 de maio é que as pendências foram regularizadas.

A informação é do contador da Prefeitura de Barras, Igo Barros (foto). Ele conta que essas contas devem ser disponibilizadas mensalmente, como vem acontecendo na atual gestão.

Igo Barros deu outra notícia positiva: a assessoria do prefeito Edilson Capote conseguiu regularizar a situação junto à Caixa Econômica Federal com relação ao Fundo de Garantia do Tempo de Serviço, apesar do débito de R$ 13 milhões que a gestão passada deixou.

"Recebemos o atestado de regularidade perante o FGTS e hoje a gestão está toda enxutinha com relação a esse órgãos, mesmo recebendo a prefeitura dívidas, e muitas! Salários atrasados, contas bloqueadas pela justiça, prestação de contas atrasadas. Em 5 meses, Barras já vê as mudanças não só na parte financeira, mas na própria cidade!", destaca o contador.

Ele disse que a meta é deixar a prefeitura totalmente apta no Sistema de Acompanhamento de Transferências Voluntárias e Convênios, o Cauc.. "Para isso só falta agora o INSS, da Receita Federal, que possui dívidas astronômicas de previdência, mas a assessoria já está tomando as medidas cabíveis para regularizar o município. Isso vai deixar a prefeitura a fazer convênio e apta a receber dinheiro", conclui. Continua depois da publicidade

Ele1 - Criar site de notícias