Sexta, 23 de Julho de 2021
86 98114-0201
Política Fundamento

BARRAS/Vereadores da oposição precisam se fundamentar melhor antes dos pronunciamentos e requerimentos, reclama Edilson Capote

“Não se pode sair dizendo qualquer coisa. Vereador tem que se fundamentar“

27/04/2021 11h57 Atualizada há 3 meses
Por: Redação Fonte: Ascom Barras Piauí e Longah.com
reprodução
reprodução

O prefeito Edilson Capote chamou a atenção nesta terça-feira (27) para a necessidade dos vereadores se fundamentarem melhor antes de emitirem uma crítica ou mesmo fazerem um requerimento. Ele diz que essa situação tem sido recorrente, mas desta vez se referiu a um requerimento do vereador Carcará, que afirma que a secretaria de Educação abdicou dos 25% dos repasse do Fundo de participação dos Municípios (FPM). Confira requerimento no final da matéria.

O prefeito explicou que o repasse de 20% já cai direto na conta da Educação e os outros 5% não foram repassados porque a Administração ainda não sabe qual é o valor desse repasse.

“Quem quiser fazer oposição que se fundamente melhor. Dizer que a secretaria abdicou do dinheiro é demais! Acho que todo vereador deveria compreender melhor o assunto antes das críticas. Não é o prefeito que autoriza os repasses da Educação e da Saúde! Já caem direto nas contas das secretarias. Seria bom buscar informações para sair do nível do boato, do ouvi dizer, porque termina tirando a credibilidade dos pronunciamentos que são feitos na Câmara. É preciso que a oposição seja feita com responsabilidade. Não é simplesmente jogar uma informação e pronto!” reclamou o prefeito.

“Não se pode sair dizendo qualquer coisa. Vereador tem que se fundamentar“

O contador da Prefeitura de Barras, Igo Barros, explicou sobre o cálculo dos 5% que devem ser repassados para a Educação. Ele informou que ainda não é possível saber quanto é esse valor, já que, no mês de janeiro, o cálculo foi comprometido pelos bloqueios das contas que aconteceram no início da gestão.

“Só poderemos saber o valor exato do repasse quando fecharmos a conta do mês de fevereiro. Nesse início de gestão, o fechamento das contas é mais complexo. Temos até o dia 19 de maio para fechar fevereiro. Esse foi o prazo dado pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE). Somente depois que fecharmos as contas de fevereiro é que teremos o valor dos 5% do FPM que a Administração deve repassar para a secretaria de Educação”, explica o contador Igo Barros.

Igo Barros acrescenta que, de março para frente, já se normaliza os valores mensais dos referidos repasses constitucionais e legais do FPM para a secretaria de Educação.

As prefeituras do Piauí ainda estão dentro do prazo para entregar até as prestações de conta de janeiro. Veja!

Órgãos da Administração Estadual

Fevereiro/21 Documentação Web: 03/05/21

Março/21 Documentação Web: 19/05/21

Órgãos da Administração Municipal

Balanço Geral 2020: 16/04/21

Janeiro/21 Sagres e documentação Web:03/05/21

Fevereiro/21 Sagres e documentação Web: 19/05/21

Ele1 - Criar site de notícias